Sítio da equipa do Centro de Documentação e Informação do Agrupamento de Escolas Passos Manuel
Aqui, apresentamos as atividades da nossa comunidade com as bibliotecas escolares, desde a Educação Pré-Escolar ao Ensino Secundário.

01/10/2014

As turmas B, C e D leem a Par

As turmas B, C e D da EB1/JI Padre Abel Varzim beneficiaram de atividades de Leitura a Par previstas em "Um projeto a Par" (ao abrigo do Plano Nacional de Leitura).

(Imagem retirada de http://www.sebentadigital.com no dia 24 de setembro de 2014)


O professor bibliotecário (em articulação com a professora titular de turma) trabalhou a leitura de textos com 3 alunos por turma durante 30 minutos, concluindo cada sessão com o reconto oral da leitura realizada.

Deste modo, a turma B e C leram o texto "Por onde é a escola?" e a turma D leu "O primeiro dia de escola".

"Por onde é a escola?

     Depois de um dia inteirinho de brincadeira, o Ulisses adormeceu profundamente. A meio da noite, sonhou que caminhava na rua e se cruzou com um A.
     - Ah! - exclamou ele, muito admirado. Era mesmo um A, e muito apressado.
     - Podes dizer-me o caminho para a escola? - perguntou o A, a arfar.
     O Ulisses também não sabia: estava a sonhar.
     Passaram mais letras, também muito apressadas.
     Um O vinha a correr, perseguido por um H, um X e um Z.
     O Ulisses acordou, com a mãe a abaná-lo.
     - Acorda, ou queres chegar atrasado no primeiro dia de aulas?

Álvaro Magalhães, Texto inédito (Excerto com supressões).


"O primeiro dia de escola

     Antes de ir lavar os dentes, a Inês resolveu passear a mochila com rodas no corredor, nos quartos, na cozinha e na sala.
     - Pareço bem, vovô?
     - Sim, pareces uma borboleta de pijama a puxar uma mochila de sonho! - disse o avô Júlio.
     - Pareço bem, António?
     - Sim, pareces uma macaquinha a puxar um camião! - disse eu.
     - Mãe, o António chamou-me macaquinha!
     - Vamos ver como é que está essa mochila. António, já escovaste os dentes? - perguntou minha mãe.
     Que aborrecimento. Era preciso voltar a deitar cedo. As férias de verão tinham mesmo acabado. Mas, por outro lado, que grande alegria! É tão bom rever os colegas conhecidos, e descobrir os novos.
     Agora chegou a vez da minha irmã. Amanhã a Inês vai ter o seu primeiro dia de escola e vai muito bem acompanhada: vou eu com a minha mochila do ano passado, mas com os livros do terceiro ano, novinhos e bem gordos, o resto do material, o meu portátil, e a velha lancheira verde, que é a cor do meu clube de futebol.
     Vai a Inês com a sua mochila nova, com os livros do primeiro ano, cadernos novos e material a estrear, uma boneca pequenina e uma lancheira cor-de-rosa.
     Que passe depressa esta noite.
     Amanhã, quando eu e a Inês voltarmos para casa, teremos muitas coisas para contar. Vai ser bom. Volta a confusão!"

António Mota, O primeiro dia de escola, Gailivro, 1.ª edição, 2011 (Texto com supressões).


No final da atividade, o professor bibliotecário registou o desempenho do aluno a entregar à sua professora.

Sem comentários: